Galeria Flickr

Login associados

Esqueceu sua senha? Cadastrar
Facebook
Twitter
Flickr

26/04/2012 - Reunião do Conselho Administrativo - Wenceslau Braz




Folder
Revista
Naturale

Caminhos do Sul de Minas têm charme, aconchego e natureza exuberante

09/10/2013

Imagine um motorista parado num engarrafamento há quase 1 hora e meia no centro de uma grande cidade, na hora de voltar pra casa depois de um estafante dia de trabalho. E se ele estiver num dos ônibus lotados daquele dia, levando mais de 3 horas pra chegar em casa para, no dia seguinte, começar tudo de novo. Só de pensar, já dá pra ficar com falta de ar.
Ar puro, trabalhar perto de casa, tomar água da mina no meio da rua, no caminho de casa, abrir a janela e ver um mar de montanhas, sentar-se numa praça no fim do dia, caminhar à beira de um rio em segurança... Tudo isso está pertinho de grandes centros, no Sul de Minas, uma das regiões mais bonitas do país.
Com 200 quilômetros de trajeto, é possível percorrer as nove cidades que compõe, na região, o Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas, ao pé da exuberante Serra da Mantiqueira, uma das áreas de preservação mais importantes de que se tem notícia. Perto de São Paulo, do Rio de Janeiro, de São José dos Campos, Campinas etc.
A região tem atraído cada vez mais olhares e moradores, cansados da correria das grandes cidades. Delfim Moreira, por exemplo, tem visto nascer condomínios de gente em busca de paz. Delfim Moreira está ganhando ares cada vez mais turísticos. Ao lado de Delfim, as pequenas Wenceslau Braz e Marmelópolis situam-se entre cadeias de montanhas que atraem os aventureiros de plantão e aqueles que querem apenas conhecer o modo de vida simples de uma pequena cidade.
Santa Rita do Sapucaí, também encravada entre as montanhas, optou pela tecnologia e tem centenas de empresas produzindo tecnologia de ponta. Pedralva, a terra dos gêmeos, já despertou a curiosidade da imprensa porque tem centenas de casos de gêmeos, além das montanhas e pedras muito procuradas pelos amantes dos esportes na natureza. A terra também produz uma boa cachaça, outra marca das Minas Gerais. Piranguçu, a caminho de Campos do Jordão, traz a beleza simples de uma cidade que produz artesanato, doces e gente sempre pronta a receber bem. Cristina tem minas de água no meio da rua, onde se pode beber água à vontade. E água da boa. Uma cachoeira urbana compõe o cenário desta simpática cidade que produz cafés especiais. Especial é também o pé-de-moleque de Piranguinho, um doce feito com amendoim, responsável por boa parte dos recursos arrecadados pela cidade que, aproveitando de sua produção, criou a festa do maior pé de moleque do mundo. Conceição das Pedras traz a exuberância das pedras, nos contrafortes da Serra da Mantiqueira, sob uma cadeia montanhosa e rochosa, a Serra das Pedras. 
Com características comuns, as cidades têm sempre uma praça central, em frente à igreja, casas antigas, com janelas na calçada, muitas ruas ainda de paralelepípedo, um cheiro de café com pão de queijo saindo pelas janelas e uma boa prosa na ponta da língua pra quem chegar. 
Visite o site www.caminhosdosuldeminas.com.br
No facebook: Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas

    Imagine um motorista parado num engarrafamento há quase 1 hora e meia no centro de uma grande cidade, na hora de voltar pra casa depois de um estafante dia de trabalho. E se ele estiver num dos ônibus lotados daquele dia, levando mais de 3 horas pra chegar em casa para, no dia seguinte, começar tudo de novo. Só de pensar, já dá pra ficar com falta de ar.

    Ar puro, trabalhar perto de casa, tomar água da mina no meio da rua, no caminho de casa, abrir a janela e ver um mar de montanhas, sentar-se numa praça no fim do dia, caminhar à beira de um rio em segurança... Tudo isso está pertinho de grandes centros, no Sul de Minas, uma das regiões mais bonitas do país.

    Com 200 quilômetros de trajeto, é possível percorrer as nove cidades que compõe, na região, o Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas, ao pé da exuberante Serra da Mantiqueira, uma das áreas de preservação mais importantes de que se tem notícia. Perto de São Paulo, do Rio de Janeiro, de São José dos Campos, Campinas etc.

    A região tem atraído cada vez mais olhares e moradores, cansados da correria das grandes cidades. Delfim Moreira, por exemplo, tem visto nascer condomínios de gente em busca de paz. Delfim Moreira está ganhando ares cada vez mais turísticos. Ao lado de Delfim, as pequenas Wenceslau Braz e Marmelópolis situam-se entre cadeias de montanhas que atraem os aventureiros de plantão e aqueles que querem apenas conhecer o modo de vida simples de uma pequena cidade.

    Santa Rita do Sapucaí, também encravada entre as montanhas, optou pela tecnologia e tem centenas de empresas produzindo tecnologia de ponta. Pedralva, a terra dos gêmeos, já despertou a curiosidade da imprensa porque tem centenas de casos de gêmeos, além das montanhas e pedras muito procuradas pelos amantes dos esportes na natureza. A terra também produz uma boa cachaça, outra marca das Minas Gerais. Piranguçu, a caminho de Campos do Jordão, traz a beleza simples de uma cidade que produz artesanato, doces e gente sempre pronta a receber bem. Cristina tem minas de água no meio da rua, onde se pode beber água à vontade. E água da boa. Uma cachoeira urbana compõe o cenário desta simpática cidade que produz cafés especiais. Especial é também o pé-de-moleque de Piranguinho, um doce feito com amendoim, responsável por boa parte dos recursos arrecadados pela cidade que, aproveitando de sua produção, criou a festa do maior pé de moleque do mundo. Conceição das Pedras traz a exuberância das pedras, nos contrafortes da Serra da Mantiqueira, sob uma cadeia montanhosa e rochosa, a Serra das Pedras. 

    Com características comuns, as cidades têm sempre uma praça central, em frente à igreja, casas antigas, com janelas na calçada, muitas ruas ainda de paralelepípedo, um cheiro de café com pão de queijo saindo pelas janelas e uma boa prosa na ponta da língua pra quem chegar. Visite o site www.caminhosdosuldeminas.com.brNo facebook: Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas

Nossos recortes
Comente! Voltar